Importante projeto está sendo desenvolvido para evitar que o lixo chegue ao Rio Mearim.

A Prefeitura de Pedreiras, através da Secretaria de Meio Ambiente e dos agentes jovens ambientais desenvolveram uma espécie de barreira ecológica com objetivo de minimizar a quantidade de lixo que chega ao Rio Mearim levado através dos igarapés.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Aldeclei Farias, a barreira é totalmente sustentável, já que foi produzida com garrafas de plástico e com cordas apreendidas na campanha da Piracema de redes que estavam fazendo pesca irregular. 


"Aproveitamos o lixo descartado pela população para criar uma ferramenta que vai ajudar a filtrar o lixo que junta de todos os igarapés, especialmente do São Francisco, por  cortar toda a cidade de Pedreiras, compondo, muitas vezes, o quintal das residências", diz. 

A barreira será inicialmente colocada no encontro dos igarapés que fica entre o bairro Matadouro e o Pau Gelado, que ainda de acordo com Aldeclei ,é onde se dá a união de todos os igarapés.


"Com essa barreira nós queremos recolher o máximo de lixo possível antes que ele chegue ao Rio Mearim, e quem sabe, minimizar as enchentes", afirma. 

A prefeita Vanessa Maia, que desde o início da gestão chama a atenção para a conscientização da população, faz mais uma vez, um apelo aos moradores. 

"Nós estamos fazendo o que está ao nosso alcance para melhorar a nossa vida, logo, manter o meio ambiente vivo é fundamental. Todo esse lixo que é jogado nos nossos igarapés, mata a vida que existe ali. Então, nós seres humanos, é que devemos ter a consciência do que não devemos fazer. E jogar lixo no Igarapé, na rua, no rio, definitivamente é algo que não devemos fazer", assevera Vanessa.




0 Comentários