O prefeito Antônio França reconhecendo a situação especial em que se vive em decorrência da Covid-19, firmou compromisso de que manterá o pagamento até o mês de junho de 2020, em Condição Especial de Trabalho (CET) por produtividade aos docentes das horas-extras adicionais aos docentes que trabalham 20 horas semanais sendo que todos, após a reorganização do calendário escolar ministrarão as aulas que serão repostas.

Desta forma os profissionais da educação que já receberam o valor da CET por produtividade e das horas-extras adicionais nos vencimentos do mês de março, também receberão nos meses de abril, maio e junho.

O acordo foi firmado em reunião com a secretária Municipal de Educação, Débora Regina Sousa, com a participação do prefeito Antônio França através de meio digital, com a presença o assessor Jurídico da SEMED, Wando Abreu de Sousa; do presidente e da vice do SINDSERPE, Miguel de Abreu Zuzar e Ana Roberta, respectivamente; da advogada sindical Maria Nadi Almeida; o membro da diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Pedreiras (SINDSERPE), Marcos Vinícius; e do professor George Ramos.

Diante ainda da situação de incerteza ocasionada pelo estado de pandemia, a Secretaria de Educação do município e o SINDSERPE voltarão a discutir no mês de junho do ano em curso em nova reunião com data a definir sobre o cumprimento da referida Condição Especial de Trabalho por produtividade horas-extras adicionais e da situação das demais categorias, sendo então aguardadas pelos órgãos competentes a definição da data de retorno das atividades escolares e a informação sobre os procedimentos a serem tomados para o cumprimento do calendário letivo, conforme regulamenta a legislação brasileira.




0 Comentários