Imagem Ilustrativa.

A Prefeitura de Pedreiras resolve fazer um chamamento para as famílias que se enquadram no Programa Tarifa Social, benefício criado pelo Governo Federal, que dá desconto na conta de energia elétrica para clientes residenciais de baixa renda e povos tradicionais.

Em Pedreiras, segundo equipe da Equatorial, são 5660 famílias válidas, 5.096 beneficiadas, 4.822 baixa renda, 246 BPC, 26 quilombolas e 264 potenciais.

O Maranhão é o segundo estado do Brasil com melhor desempenho em Tarifa Social. O estado obteve está colocação com mais de 928 mil famílias cadastradas, o que corresponde a 79% de adesão ao programa. 


Para ter direito ao benefício, as famílias deverão atender a pelo menos um dos seguintes requisitos:

Ser inscrito no CadÚnico, com renda familiar de até meio salário mínimo por pessoas

Ser idoso ou deficiente que recebe o Benefício da Prestação Continuada (BPC) com renda mensal por pessoa, inferior a um quarto do salário mínimo

Famílias inscritas no CadÚnico que tenha portador de doença que necessite de aparelhos ligados à energia elétrica de forma continuada, com renda mensal de até três salários mínimos

Famílias indígenas e quilombolas inscritas no Cadastro Único com renda menor ou igual a meio salário mínimo por pessoa da família ou que possuam, entre seus moradores, algum beneficiário do BPC

Para ter direito, os documentos necessários são: CPF, RG ou documento com foto, NIS, caso possua o Benefício de Prestação Continuada de Assistência Social – BPC, apresentar o número do benefício.

A novidade para esse ano é que, os próprios entrevistadores do CadÚnico (Secretaria de Assistência), já inscrevem as pessoas que  pertencem ao perfil do Tarifa Social, de acordo com os critérios da Equatorial.

A Secretaria da Assistência Social fica situada na Rua Manoel Trindade, S/n, Diogo. Ao lado da AABB e funciona de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 14h.




0 Comentários