Após o decreto municipal que flexibiliza o funcionamento de várias atividades comerciais em São Luís Gonzaga do Maranhão, a administração municipal realizou por meio da Vigilância Epidemiológica e Vigilância Sanitária mais uma reunião no sentido de orientar os comerciantes sobre as medidas necessárias para conter a proliferação do vírus da COVID-19 no município e manter o funcionamento do comércio.

A reunião aconteceu na tarde desta terça-feira (05/05), na Escola Nazaré Ramos, e contou com a participação de dezenas de representantes do comércio gonzaguense, equipes da Vigilância Epidemiológica e Sanitária do município, além de policiais militares do destacamento local que ajudam na fiscalização das medidas adotadas.

Inicialmente foi feita a exposição do decreto, detalhando cada medida estabelecida e como os comerciantes devem por em prática as normas. 

Também foram apresentadas orientações sobre como proceder e contribuir para evitar o risco de contágio e disseminação do coronavírus.

Dentre as principais orientações repassadas estão a adoção de todas as medidas sanitárias necessárias para evitar a proliferação do coronavírus, nos termos dispostos pelos órgãos de saúde, disponibilização de álcool gel 70% para uso dos clientes e/ou usuários, e funcionários e local adequado para higienização das mãos por meio de sabonete líquido e papel toalha descartável, higienização de toda a estrutura física onde haja maior circulação de pessoas, manutenção de controle de entrada para diminuir o fluxo de pessoas e evitar aglomeração, respeitando-se o limite de 50% (cinquenta por cento) da sua capacidade e o distanciamento mínimo de 1,5 metros entre as pessoas, em especial nas filas internas e externas, colocando marcas indicativas no chão, fornecimento de EPI's aos funcionários, ao menos máscara, e exigir o uso de álcool 70% para higienização das mãos.

Após a reunião, equipes da Vigilância Sanitária e Epidemiológica fizeram a desinfecção do local.




0 Comentários