Pedreiras está enfrentando a pandemia do Novo Coronavírus com várias ações concretas visíveis aos olhos de todos e outras tantas que são tão importantes quanto, mesmo que sejam nos trabalhos de bastidores da gestão em especial da área de Saúde.

Um dos problemas que afetaram inicialmente foi a questão da pequena quantidade de testes oferecidas. O prefeito Antônio França anunciou neste sábado (09/05), a chegada de 150 de um total de 1.000 testes rápidos adquiridos com recursos próprios do município. “Temos empreendido todos os esforços para que seja disponibilizado nos próximos dias um total de mil testes rápidos da Covid-19, já tendo chegado 150 disponíveis para o trabalho de testagem no município de Pedreiras, o restante chegará logo”, disse o gestor.

Neste primeiro momento continuarão sendo testados os profissionais de saúde e de segurança que estão na linha de frente das ações de enfretamento à Covid-19, e que esteja, apresentando sintomatologia.

“Essa medida busca certificar o profissional para que ele possa estar apto a trabalhar sem riscos de contaminar os pacientes”, ressalta Macleya Gomes, coordenadora do GTM Covid-19-Pedreiras. Os contatos de pacientes que testaram positivo também serão testados.

De acordo com a coordenadora, outras pessoas também poderão requerer testes através das unidades de triagem, mediante consulta médica e agendamento, na UBS Dr. Carlos Melo (Goiabal) e a partir de segunda-feira (11), também na tenda de triagem montada no estacionamento do Hospital Municipal Geral.

“Mas queremos esclarecer que, para testar, a pessoa precisa estar com os sintomas, se não tem os sintomas não há a necessidade de fazer teste, para evitar desperdício, pois lá na frente pode faltar para quem realmente esteja precisando, e o teste é um fator primordial para a regulação de leitos dos que testam positivo para a Covid-19”, esclarece Macleya.

O prefeito Antônio França também anunciou que fez a aquisição de hidroxicloroquina e outros medicamentos e vitaminas necessárias para contribuir com a recuperação dos pacientes em tratamento no município.

0 Comentários