Com um grande gesto de amor ao próximo, solidariedade e responsabilidade social, a loja Novo Mundo, que tem filial em Pedreiras, em parceria com o Governo do Maranhão, fez a doação de 250 colchões e 150 travesseiros para as famílias desabrigadas pelas cheias do Rio Mearim, entregando os donativos ao prefeito Antônio França na manhã desta segunda-feira (30/03).

Além de Pedreiras, o município de Trizidela do Vale também foi agraciado com a mesma quantidade de produtos doados pela empresa.

Ivan Malta, representante da loja Novo Mundo no Maranhão, ressaltou a importância da iniciativa. “A nossa loja em parceria com o Governo do Estado, em que estamos atuando há mais de 10 anos, temos que nos solidarizar com os problemas das pessoas, neste momento em que o mundo todo está vivendo tempos difíceis, em particular que esses dois municípios, que estão com problemas a mais que são as enchentes, então a gente espera que essa iniciativa nossa incentive outros empresários a participar também e ajudar esse povo carente dessas duas cidades”.

“Quero aqui agradecer a empresa Novo Mundo neste gesto de solidariedade e responsabilidade social, neste momento muito difícil de enchentes e da pandemia de coronavírus. Pedreiras e Trizidela do Vale sofrem um problema muito sério que é a questão das enchentes, e aqui queremos gradecer ao secretário de Estado da Indústria e Comércio, Simplício Araújo e ao governo do Estado que tem sido um grande parceiro nesta luta, e a todas as pessoas, que a exemplo da Novo Mundo tem contribuído para trazer benefícios ao nosso município, para que possamos oferecer um mínimo de conforto para essas famílias”, disse o prefeito Antônio França.

A entrega atenderá a critérios das duas prefeituras, em Pedreiras o cadastramento das famílias atingidas pelas cheias do Mearim é atualizado diariamente, somando no último fechamento, na noite deste domingo (29/03), 814 famílias, com um total de 2.734 pessoas afetadas. O nível do Rio Mearim continua baixando, tendo registrado nesta segunda-feira 8,60 metros, com 11 centímetros a menos em relação à ontem (domingo).











0 Comentários